Nuno Encarnação

Nuno Encarnação

Depois das podas, os transplantes…

Aproveitei para transplantar as plantas que coloquei aqui ontem após terem sido podadas. Coloquei este taxus neste vaso que já é bem mais pequeno do que o anterior e de melhor qualidade, mas este não será o vaso definitivo no futuro. Mas como esta planta ainda tem de desenvolver bastante ao nível da ramificação, este vaso slovakia parece-me adequado. O vaso definitivo será bem mais pequeno e de melhor qualidade do que este, desde que a planta responda bem no futuro.

dsc04682

Esta azalea tem a floração em tons violeta e este vaso de vidrado azul da Erin Potery casa muito bem com essas cores. É um vaso de linhas femininas, mas ao mesmo tempo com um aspecto rústico que conjuga bem com as características desta planta, principalmente com a forte base que apresenta.

dsc04681

Esta outra azalea tinha um defeito nas raízes que me fez optar por colocá-la assente numa pedra no último transplante. Tem desenvolvido bem e agora foi colocada neste vaso com um vidrado brutal do Bonsai Rastner. A floração é vermelha e acho que a combinação com este vaso vai ser de top.

dsc04683

Dois juniperos ligados por uma história comum

Para continuar a senda das publicações, aqui fica uma história actualizada sobre dois juniperos que partilham de uma ligação entre ambos de que resultou uma experiência fantástica de minha parte que foi a participação no Congresso Europeu de Bonsai da EBA em 2014, que decorreu em Wrokslaw na Polónia.O primeiro junipero é um shimpaku e foi o utilizado no concurso Novo Talento da Exposição do Clube Bonsai do Algarve, decorrida em 2013, em Portimão. Nesses concursos costumava ser escolhido o vencedor como representante do CBA no mesmo no Novo Talento do Congresso Nacional de Bonsai. Por acaso, não fui eu quem ganhou mas sim o nosso colega Carlos Madeira, mas por impossibilidade de se deslocar ao Porto para participar no Congresso, acabei por ser eu o representante do CBA nesse ano. Foi transplantado em 2014, numa aula com o mestre Rui Ferreira. Este junípero foi trabalhado recentemente num Workshop com o Salvador De Los Reyes, organizado pelo CBA.A primeira imagem é de 2013, sendo a segunda de 2016, após o Workshop. A posição mudou ligeiramente, foi aberto e limpo um shari, mas ficou a ganhar bastante e tem um futuro muito interessante pela frente.

junipero04

Este segundo junípero é um itoigawa foi o que eu trabalhei no concurso Novo Talento no Congresso Português de Bonsai de 2013, e com o qual ganhei o concurso nacional e tive assim a oportunidade de representar Portugal no Congresso Europeu de Bonsai, na Polónia em 2014.A árvore tem desenvolvido bem ao longo destes anos, sempre com bastante vigor e foi transplantado em 2014 numa aula com o mestre Rui Ferreira onde foi colocado na posição correcta. Na sequência do workshop recente, a vontade de trabalhar foi muito forte e levou uma nova poda mais forte, tendo-se sido cortado o primeiro ramo da esquerda. Penso que agora a estrutura está melhor definida e prepara-se para nas próximas temporadas aumentar a ramificação.A primeira imagem da esquerda é da árvore antes de ser trabalhada, em 2013. A segunda imagem é depois da modelação realizada no NT 2013. A terceira imagem mostra a árvore em 2015, já transplantada no mesmo vaso mas com outra posição e mostra o vigor com que desenvolveu. A última imagem foi depois do trabalho agora realizado, muito mais despida mas melhor estruturada e pronta para os trabalhos seguintes.

junipero05

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s